24
Mar
16

O ABUSO DOS “ESTÁGIOS”

Deviam mudar o nome para expressoempregosemsalario.pt

Expresso e Visão, publicações do Grupo Balsemão, exigem responsabilidades e competências próprias de qualquer profissional a pessoas a que negam qualquer remuneração. A isto chamam… “estágios curriculares”! Há quem lhes chame “abusivos”, apenas!

Estágios abusivos no Grupo Impresa

Domingo, 20 Março 2016

Reproduzimos aqui os anúncios de estágios curriculares para o Expresso e a Visão Júnior, ambas publicações do Grupo Impresa, com responsabilidades e competências próprias de qualquer profissional mas sem qualquer remuneração.

Redação da Visão – 1 vaga

Perfil:

Alunos finalistas de licenciatura em Comunicação Social ou de mestrado.

Plano de estágio:

Colaborar no planeamento da revista, participando nas reuniões de definição de temas

Acompanhar as duas plataformas da revista – impressa e digital

Edição impressa:

a) Numa primeira fase, acompanhar, quando possível, jornalistas que saiam em reportagem

b) Recolher informações para temas que a revista esteja a preparar

c) Fazer pesquisa de recursos infográficos e fotográficos para temas que a revista esteja a preparar

d) Escrever notícias, reportagens, ‘features’ e entrevistas para a revista

e) Acompanhar a paginação das suas próprias peças, tendo assim a experiência ‘completa’, desde a conceção da matéria jornalística até à ida da página para a gráfica

Edição online:

a) Procurar – e escrever – notícias para o site

b) Se houver possibilidade, trabalhar com o videógrafo do site, fazendo peças multimédia

c) Acompanhar a gestão da página do Facebook
O estágio deverá ter início no mês de Abril.

É realizado a tempo inteiro, nas instalações do grupo Impresa que se situam em Paço de Arcos

A duração do estágio têm a duração de três a seis meses e não é remunerado.

Redação do Expresso Digital – 2 vagas

Perfil:

Alunos finalistas de licenciatura em Comunicação Social ou de mestrado.

Pró-ativo, dinâmico, comunicativo e responsável;

Capacidade de trabalho em equipa;

Disponibilidade;

Plano de estágio:

Procurar Fontes jornalísticas

Escrever notícias para o site

O estágio deverá ter início no mês de Abril.

É realizado a tempo inteiro, nas instalações do grupo Impresa que se situam em Paço de Arcos

A duração do estágio têm a duração de três a seis meses e não é remunerado.

Estes estágios do Expresso Digital têm dois horários disponíveis; um dos horários é das 08h-16h e o segundo horário será das 16h-00h.

http://mas.org.pt/index.php?option=com_content&view=article&id=1207%3Aestagios-abusivos-no-grupo-impresa&catid=86%3Anacional&Itemid=537


0 Responses to “O ABUSO DOS “ESTÁGIOS””



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: