17
Nov
14

DEMISSÃO, MÁ EXPLICAÇÃO: MACEDO E MENDES NO ESCÂNDALO DOS VISTOS GOLD

capacm

É um enorme escândalo este que com negociatas à volta dos vistos gold veio minar ainda mais a já escassa credibilidade que a gente que lidera este País nos merece. Muito já foi dito e escrito sobre o caso que irá fazer correr ainda muita tinta e muita prosa certamente. A justiça está a fazer o seu trabalho, e a ver vamos o que sairá ou conseguirá sair deste Labirinto, que deu já em detenção, demissão e má explicação…

Macedo e Mendes têm sócios envolvidos neste escândalo, mas a reacção de ambos ao mesmo é diferente. É que Macedo demitiu-se de ministro, mas Mendes não se demitiu de comentador e tentou até explicar (mal) que nada tem que ver com isto…

Vale a pena ler uma opinião hoje publicada no Clube dos Pensadores, por Joaquim Jorge, sobre o péssimo desempenho de ontem de Marques Mendes que subscrevemos:

(…) Marques Mendes nega que teve uma ligação privilegiada com Ana Luísa Albuquerque, filha do presidente do IRN (Instituto dos Registos e Notariados) António Figueiredo que foi detido.

Meteu os pés pelas mãos e as mãos pelos pés, teve direito como comentador a tempo de antena em sua defesa, mas não se saiu nada bem.

Nervoso, irritado, embaraçado e à defesa, Marques Mendes não tem condições para comentar o que quer que seja: a sua credibilidade é zero.

A SIC é uma empresa privada, não é o Estado, mas estar a ouvir alguém em que a sua credibilidade sai diminuída é caricato. O senhor que sabe tudo antes do tempo e com informação privilegiada do governo, desta vez, emudeceu.

Marques Mendes, com responsabilidades como comentador de uma televisão, represente papel de eunuco, como se ninguém conhecesse os segredos por trás dos enredos, é insuportável. Dar explicações esfarrapadas, também.

Salazar tinha razão quando dizia, “em política o que parece é”.

A política está enxameada de ex-políticos, ex-qualquer coisa. Ainda não perceberam que o seu tempo já passou e devem dar lugar a outras pessoas, outras ideias, e o mais importante, pessoas com comportamentos e atitudes diferentes, para melhor.

Na televisão são sempre os mesmos; ora aparecem de um lado, com funções de Estado, ora aparecerem do outro, como comentadores, etc..

A política portuguesa tem muito de ‘vira o disco e toca o mesmo’, mas esquece-se de que o vinil está ultrapassado, até o cd tem os dias contados. Estamos na era dos downloads. Os cidadãos estão cada vez mais informados, atentos e com acesso rápido à informação.


0 Responses to “DEMISSÃO, MÁ EXPLICAÇÃO: MACEDO E MENDES NO ESCÂNDALO DOS VISTOS GOLD”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: