Arquivo de Novembro, 2014

24
Nov
14

SÓCRATES DETIDO POR VELHO AMIGO E COLEGA DE… ANTÓNIO COSTA!

A propósito da novela (ainda sem guião evidente) que tem animado estes últimos dias, fica a curiosa nota de que José Sócrates foi detido por um velho amigo e colega de António Costa…

ac

ca2

17
Nov
14

DEMISSÃO, MÁ EXPLICAÇÃO: MACEDO E MENDES NO ESCÂNDALO DOS VISTOS GOLD

capacm

É um enorme escândalo este que com negociatas à volta dos vistos gold veio minar ainda mais a já escassa credibilidade que a gente que lidera este País nos merece. Muito já foi dito e escrito sobre o caso que irá fazer correr ainda muita tinta e muita prosa certamente. A justiça está a fazer o seu trabalho, e a ver vamos o que sairá ou conseguirá sair deste Labirinto, que deu já em detenção, demissão e má explicação…

Macedo e Mendes têm sócios envolvidos neste escândalo, mas a reacção de ambos ao mesmo é diferente. É que Macedo demitiu-se de ministro, mas Mendes não se demitiu de comentador e tentou até explicar (mal) que nada tem que ver com isto…

Vale a pena ler uma opinião hoje publicada no Clube dos Pensadores, por Joaquim Jorge, sobre o péssimo desempenho de ontem de Marques Mendes que subscrevemos:

(…) Marques Mendes nega que teve uma ligação privilegiada com Ana Luísa Albuquerque, filha do presidente do IRN (Instituto dos Registos e Notariados) António Figueiredo que foi detido.

Meteu os pés pelas mãos e as mãos pelos pés, teve direito como comentador a tempo de antena em sua defesa, mas não se saiu nada bem.

Nervoso, irritado, embaraçado e à defesa, Marques Mendes não tem condições para comentar o que quer que seja: a sua credibilidade é zero.

A SIC é uma empresa privada, não é o Estado, mas estar a ouvir alguém em que a sua credibilidade sai diminuída é caricato. O senhor que sabe tudo antes do tempo e com informação privilegiada do governo, desta vez, emudeceu.

Marques Mendes, com responsabilidades como comentador de uma televisão, represente papel de eunuco, como se ninguém conhecesse os segredos por trás dos enredos, é insuportável. Dar explicações esfarrapadas, também.

Salazar tinha razão quando dizia, “em política o que parece é”.

A política está enxameada de ex-políticos, ex-qualquer coisa. Ainda não perceberam que o seu tempo já passou e devem dar lugar a outras pessoas, outras ideias, e o mais importante, pessoas com comportamentos e atitudes diferentes, para melhor.

Na televisão são sempre os mesmos; ora aparecem de um lado, com funções de Estado, ora aparecerem do outro, como comentadores, etc..

A política portuguesa tem muito de ‘vira o disco e toca o mesmo’, mas esquece-se de que o vinil está ultrapassado, até o cd tem os dias contados. Estamos na era dos downloads. Os cidadãos estão cada vez mais informados, atentos e com acesso rápido à informação.

10
Nov
14

CONTRATOS SUSPEITOS NA SANTA CASA DO SANTANA LOPES

santa4

A Misericórdia de Lisboa liderada por Santana Lopes deu a ganhar, desde 2012, cerca de dois milhões de euros, com pelo menos 18 contratos públicos, a um conjunto de dez empresas quase todas acabadas de constituir, todas elas pertencem a a pessoas que têm participações cruzadas nessas empresas e nas empresas que estavam também a “concurso” nesses contratos. E o mais notável é que essas pessoas, em que se destacam os nomes de Afonso Viola e Fernando Catarino Narciso, um engenheiro reformado da Portugal Telecom e figura destacada dos TSD (Trabalhadores Sociais Democratas) e do PSD de Lisboa, começaram com a liderança de Santa Lopes da Santa Casa a trabalhar com a instituição na venda de tudo e mais alguma coisa. 

Empresas de serviços de telecomunicações, vendem ao mesmo tempo mobiliário e até fraldas descartáveis!!! Estas últimas um bem de primeira necessidade em matéria de higiene, que falta e muito nesta história toda revelada pelo Público e que vamos aqui comentar em mais detalhe. Para já fiquem com a história toda ontem revelada:

santa1

 

santa2
santa3

06
Nov
14

HÁ LODO NO CAIS… A AUMENTAR

Já aqui tínhamos alertado! “No Porto de Sines há lodo, um lodo sujinho, sujinho, com cheiro nauseabundo a comissões“. E,como as autoridades nada fazem para resolver o problema, o lodo e o cheiro têm vindo a aumentar ao ritmo do aumento das comissões.

O Crimedigoeu sabe que um tipo, que diz trabalhar para uma empresa estrangeira, andava a oferecer comissões de 5%  a agentes de navegação para preferirem serviços dessa mesma entidade. Mas como 5% não bastava, a comissão aumentou agora para 10%!!!

E até não é muito… Está longe ainda das “boas práticas”, feitas em “regime livre” de que já tínhamos também falado, as tais que se tinham já imposto no Porto de Lisboa e que começaram a chegar recentemente ao Porto de Sines…

 

06
Nov
14

JIHADISTA PORTUGUÊS MORREU NA SÍRIA

Há menos um terrorista islâmico português. Sandro “Funa”, 30 anos, um dos portugueses que se juntou ao Estado Islâmico, na Síria,  morreu na sequência de um ataque aéreo, no final de outubro.

Natural de Monte Abrão, na linha de Sintra, foi morto, de acordo com os serviços de segurança portugueses na sequência de ferimentos graves sofridos após um bombardeamento aéreo contra o grupo terrorista autoproclamado Estado Islâmico (EI). E os familiares do jihadista já foram informados do óbito.

Sandro morreu pouco mais de nove meses depois de ter entrado em território sírio, proveniente da Turquia. O terrorista era um dos quatro portugueses da linha de Sintra que tinham emigrado para Inglaterra. Após se converterem ao Islão, tanto Sandro, como Fábio, Celso Rodrigues da Costa e Edgar Costa, ter-se-ão radicalizado no bairro londrino de Leyton. Os quatro entraram juntos na Síria, no início deste ano.

O Correio da Manhã sabe que Sandro era um combatente de primeira fileira do EI, um dos jihadistas que estariam na frente de batalha, ao contrário de Fábio e Nero (um outro combatente de nacionalidade portuguesa), que ocupam patentes de topo na organização terrorista.

A Interpol e as autoridades portuguêsas mantêm contacto permanente com os familiares de jihadistas portugueses.

 

06
Nov
14

TIAGO SOUZA D’ALTE PESCA MAIS 23 MIL EUROS… QUE DIRÁ O TRIBUNAL DE CONTAS?

Na arte de pescar contratos públicos ligados ao bem fazer de leis, Tiago Souza d’Alte, esse caso sério de passagem de assessor governamental a advogado turbo consultor, de que aqui e também aqui já falámos, é mestre.

Depois dos  65,7 mil euros, de dinheiros públicos, ganhos para explicar ao IMTT uma revisão de um regime de trabalho que o próprio foi contratado pelo INSTITUTO PORTUÁRIO, por 43 mil euros, para ajudar a elaborar, pescou novo contrato público, desta feita com a DOCAPESCA, de Setúbal:

Serviço de Assessoria Juridica DocaPesca

DATA DE PUBLICAÇÃO NO BASE       07-12-2012

TIPO(S) DE CONTRATO          Aquisição de serviços

TIPO DE PROCEDIMENTO     Ajuste directo

DESCRIÇÃO     CA-AJ-002-2012

FUNDAMENTAÇÃO    Artigo 20.º, n.º 1, alínea a) do Código dos Contratos Públicos

FUNDAMENTAÇÃO DA NECESSIDADE DE RECURSO AO AJUSTE DIRETO (SE APLICÁVEL) ausência de recursos próprios

ENTIDADE ADJUDICANTE – NOME, NIF         DOCAPESCA – PORTOS E LOTAS, S.A. (500086826)

ENTIDADE ADJUDICATÁRIA – NOME, NIF     TIAGO SOUZA DALTE (222800267)

OBJETO DO CONTRATO        Serviço de Assessoria Juridica

CPV     79111000-5, Serviços de assessoria jurídica

DATA DE CELEBRAÇÃO DO CONTRATO       05-12-2012

PREÇO CONTRATUAL 23.000,00 €

PRAZO DE EXECUÇÃO           40 dias (1 mês e 9 dias)

LOCAL DE EXECUÇÃO – PAÍS, DISTRITO, CONCELHO           Portugal, Lisboa, Lisboa

Mais 23 mil euros, a que não será alheia a sua especialidade como obreiro da  “Revisão dos Regimes de Trabalho Portuário e de Port Governance” para que foi contratado pelo INSTITUTO PORTUÁRIO, tendo depois já mais que duplicado os rendimentos totais a explicar o próprio trabalho que fez!!

QUE TERÁ O TRIBUNAL DE CONTAS A DIZER A PROPÓSITO DISTO?