02
Set
14

POR UM PUNHADO DE EUROS

O homem que assaltou a discoteca Manta Beach com um cúmplice, na Manta Rota, no Algarve, foi ontem presente ao Tribunal de Vila Real de Santo António, para primeiro interrogatório, depois de outro assaltante, Tiago Portugal, ter sido encontrado morto a poucos quilómetros da discoteca, na madrugada de sábado, após o roubo. Por um punhado de euros, um será preso certamente e o outro, ao que tudo indica, terá cometido suicídio.

Este é o tipo de criminalidade violenta que causa grande sentimento de insegurança e que merece ser tratada como tal independentemente das quantias enviolvidas.

Os dois homens entraram encapuzados e armados, pelas 06h45, levaram cerca de 500 euros da caixa da discoteca e de um fornecedor que estava no local. Imagine-se o medo que causaram a quem lá trabalhalhava! Tiago, que trabalhara na Manta Beach, mas fora despedido 10 dias antes, viria a ser encontrado com um tiro na cabeça e uma pistola ao lado, horas depois. As autoridades acreditam que se tratou de suicídio. O outro assaltante, que ainda trabalhava na discoteca, foi detido na madrugada seguinte, depois de voltar ao estabelecimentom, certamente convencido que não tinha sido apanhado. Mas foi e por um punhado de euros…


0 Responses to “POR UM PUNHADO DE EUROS”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: