05
Dez
12

EX-EMBAIXADOR QUE DENUNCIOU CORRUPÇÃO EM ANGOLA IMPEDIDO DE VIAJAR PARA PORTUGAL

parreiraSe mais dúvidas houvesse sobre a ditadura existente em Angola, visando perpetuar no poder um clã que «engorda» à custa da corrupção, estrangulando à fome a maioria do povo, mantendo em silêncio e perseguindo os que ousam pôr em causa o regime, este novo episódio de apreensão do passaporte do antigo líder partidário e professor de história, António Parreira, cujas denúncias originaram uma investigação da Procuradoria Geral da República a alegados casos de corrupção e fuga de capitais envolvendo algumas das principais figuras do regime angolano, é mais um lamentável acontecimento…que, segundo julgamos saber, não teve grande eco nos media portugueses. O que comprova que os mesmos já estão algo «domesticados» com os capitais que «escorrem» de forma abundante de Angola.

 O episódio ocorreu na segunda feira à noite, quando as autoridades angolanas confiscaram o passaporte do antigo líder do extinto Partido Angolano Independente, impedindo a saída de Adriano Parreira do país, quanto este se preparava para apanhar o avião para Portugal. 

Adriano Parreira solicitou, recentemente, uma investigação da Procuradoria Geral da República aos alegados casos de corrupção e fugas de capitais envolvendo algumas das principais figuras do regime angolano.Ao que tudp indica,Parreira vinha a Portugal testemunhar na PGR sobre este processo de denúncia-

De acordo com o site angolano Club K, que anunciou em primeira mão o sucedido, o professor de história e antigo líder partidário encontrava-se no aeroporto internacional 4 de Fevereiro quando foi impedido pelos Serviços de Migração e Estrangeiro de se deslocar para Portugal.

As autoridades não só retiveram o passaporte a Adriano Parreira, como o intimaram a apresentar-se no gabinete do Procurador Geral Adjunto da República, junto da Direção Nacional de Investigação e Ação Penal. Antigo embaixador em Berna, Adriano Parreira já tinha sido condenado há alguma tempo a dois anos de prisão, por desvio de fundos.

Há poucas semanas, o Departamento Central de Investigação e Ação Penal confirmou que estava a decorrer uma investigação em Portugal a figuras do círculo presidencial de Angola, negando, no entanto, que estivessem “constituídos quaisquer arguidos”.

Entre as figuras sob investigação estão Manuel Vicente, vice-presidente de Angola e ex-director-geral da Sonangol; o general Hélder Vieira Dias “Kopelipa”, ministro de Estado e chefe da Casa Militar da Presidência da República; e o general Leopoldino Nascimento “Dino”, consultor do ministro de Estado e ex-chefe de Comunicações da Presidência da República.

As notícias desta investigação, que se iniciou a partir de uma denúncia de Adriano Parreira, deram origem a um violento editorial do Jornal de Angola, órgão próximo do círculo mais influente do regime angolano, onde se podia ler que este inquérito “prejudica as relações entre os dois países”.

Poucos dias depois, e após algumas vozes críticas se terem levantado em Portugal, um novo editorial deste jornal aconselhou o líder parlamentar do Bloco de Esquerda, Luís Fazenda, e Pacheco Pereira a deslocarem-se a Angola para verem “que este é um espaço de liberdade como já poucos existem no mundo”. Pacheco Pereira , que até chegou a ser convidado para fazer uma edição do Jornal de Angola,já treferiu publicamente que não teria quaisquer problemas em fazê-lo, «dsde que ticvesse toda a liberdade editorial» para publicar o que quisesse…

 O procedimento que as autoridades tiveram contra o mesmo é semelhante ao que aconteceu com o advogado David Mendes que foi processado pelas autoridades por ter solicitado a PGR angolana  a investigar sobre alegadas “contas bancárias” do Presidente José Eduardo dos Santos, que, como se sabe, tem alimentado uma grande fortuna pessoal, desconhecendo-se a proveniência dos seus rendimentos. Certamente não será apenas do seu salário como Presidente da República…


0 Responses to “EX-EMBAIXADOR QUE DENUNCIOU CORRUPÇÃO EM ANGOLA IMPEDIDO DE VIAJAR PARA PORTUGAL”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: