22
Nov
12

«SECRETA» DA PSP ENVOLVIDA NO CASO NUNO SANTOS – ACTUALIZADO

 Os contatos terão passado por elementos dessa «secreta» com responsáveis do canal público, não se sabendo se Nuno Santos,o  demissionário director de informação, possa ser o intermediário ideal para o efeito. Mas conhecendo o passado desta «espécie rara de jornalista» não nos repugna nada que esteja envolvido neste caso…

 «Sopraram-nos» que os serviços de informação da PSP – também há uma secreta dentro desta Polícia, um facto que pouca gente sabe – poderão estar na génese do mais recente escândalo da passagem (ou venda de um CD) contendo imagens dos acontecimentos que tiveram lugar defronte da Assembleia da República do passado dia 14 de Novembro. Legitimada pelas declarações de aplauso à sua acção, vindas desde o Presidente da República ao próprio Executivo de quem terá partido a ordem para efectuar a carga sobre os manifestantes sem olhar a quem dava bastonadas, a PSP e o Governo que a sustenta, procuram arranjar provas que possam levar a tribunal alguns dos elementos que atiraram pedradas, de forma a «legalizar» a carga policial. Nada melhor do que «aliciar» elementos da TV do Estado. Poderiam ter feito o pedido à SIC e à TVI que também transmitiram os acontecimentos, mas a «coutada» do ministro Relves estava mesmo à mão…e os contatos terão passado por elementos dessa «secreta» a responsáveis do canal público, não se sabendo se Nuno Santos possa ser o intermediário ideal para o efeito. Mas conhecendo o passado deste «espécie rara de jornalista» não nos repugna nada que esteja envolvido neste caso…

Basta atentar no que o jornalista Marinho Neves, que trabalhou com ele no programa «Donos da Bola» escreveu na sua página do Facebook: «Este Nuno Santos que agora jura a pés juntos que não autorizou à PSP a visão de imagens na RTP, é o mesmo Nuno Santos que foi apanhado a jantar com Sócrates e que enquanto director de informação da SIC entregou ao ex-primeiro ministro, Mário Crespo. O mesmo que entrou, para a SIC como colaborador de marketing e utilizando as facas necessárias foi escalando até chegar à frente das câmaras no programa “Os Donos da Bola” e sempre numa escalada infernal chegou a director de programas e depois a director de informação».

Sublinhe-se que este Nuno santos foi o mesmo que surgiu em tribunal a depor contra os próprios colegas jornalistas – no caso, ligados ao semanário «o Crime» – num processo instaurado pelo então presidente da RTP, Almerindo Marques.O jornal revelou que Almerindo se esquecera de apresentar a sua declaração de rendimentos no Tribunal Constitucional como a lei obriga no caso de gestores públicos.Com toda a desfaçatez, servindo a «mão do dono», Santos veio a tribunal jurar a pés juntos que o «chefe» andava psicologicamente afectado com o teor da notícia e que a mesma afectara a sua imagem pública. O tribunal absolveu os jornalistas de «o Crime» mas para as história do jornalismo ficou esta imagem de …um jornalista que, para segurar o seu «tacho», não se eximiu a mentir em tribunal com o objectivo de que colegas seus de profissão acabassem condenados…

Sobre este caso da venda…ou passagem de imagens à PSP dos acontecimentos em São Bento ( a Polícia diz que não pediu nada à RTP, pudera…quem as deve ter pedido pela «porta do cavalo» devem ter sido os seus serviços de informação que actuam pela calada, discretamente,como deve ser a norma habitual de um serviço com estas características…) a .Comissão de Trabalhadores da RTP quer saber quem pediu as imagens referentes aos incidentes do dia da greve geral, para onde é que elas foram e por que motivos foram pedidas. Em declarações à TSF, o porta-voz desta comissão referiu que as cópias destas imagens «foram efetuadas na noite de quinta-feira» e que «houve um outro processo na sexta-feira pedido pela polícia».«Estranhamente não pediu à TVI e à SIC. Por isso, queremos um inquérito e queremos que os responsáveis políticos expliquem para quem e para quê essas imagens», acrescentou Camilo de Azevedo.

Entretanto, contactado pela TSF, o gabinete do ministro Miguel Relvas, que tutela a RTP, já indicou que não vai comentar esta polémica, tendo remetido qualquer esclarecimento para a administração da rádio e televisão públicas. Para o gabinete do ministro dos Assuntos Parlamentares, este é um assunto de gestão interna da RTP. Não há nada como sacudir a água do capote, como é timbre deste ministro Relvas que consegue passar sempre incólume no meio das várias tormentas que o têm assolado…

PS- A TVI divulgou que também fora contactada pela PSP com a finalidade de fornecer as imagens dos acontecimentos na AR.A Direcção de Informação esclareceu que só cederia as imagens que foram já do domínio público, ou seja, transmitidas no dia da carga policial.Penso que idêntica posição foi assumida pela direcção de informação da SIC.Só o canal público serviu para o despautério…e, ao que parece, permitiu a entrada nas instalações nos Olivais de pessoas estranhas sem mandado judicial que escolheram os conteúdos que iriam levar e que,em principio, se destinavam a servir para instaurar um processo crime contra os prevaricadores…cá para nós,os intuitos podem não ser só esses.ou seja, ficarem em arquivo para fazer dossiers sobre manifestantes que se revelem mais activos…


0 Responses to “«SECRETA» DA PSP ENVOLVIDA NO CASO NUNO SANTOS – ACTUALIZADO”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: