03
Set
12

POLÍTICO DO PS REINCIDE NA AGRESSÃO A ELEMENTOS DA GNR

Em vez de dar o exemplo à sociedade que o elegeu para um cargo de responsabilidade como autarca na Câmara de Odivelas com o pelouro do Desporto, este sujeito tem como «hobby» … esmurrar militares da GNR que o apanham com o «grão na asa»… Um típico caso de um político que se julga acima da lei e que há muito deveria ter sido banido das funções que exerce

 

Este senhor da foto, é um caso patológico do foro criminal: Hugo Manuel dos Santos Martins desempenha as funções de  autarca do PS na Câmara de Odivelas e líder da concelhia local, foi detido no passado fim de semana após ter agredido militares da GNR, na sequência de um acidente em Almancil, Algarve. Visivelmente embriagado, terá recusado soprar no balão e depois decidiu investir sobre os guardas que procuravam fazer o seu trabalho. O que espanta nesta história, é que esta foi a segunda vez em que este político agrediu elementos da GNR : a 6 de Dezembro de 2009, foi também detido  numa operação de controlo da GNR na CREL, Bucelas, que o apanhou com uma taxa de alcoolemia de 1,67 gramas. Também reagiu de forma intempestiva e agrediu os militares da GNR que procuravam fazer o seu trabalho e que se mostraram alheios ao facto do prevaricador ter ostentado os seus «galões» de político de uma Câmara das redondezas. Agora, no Algarve, reincidiu  e nem a chegada do comandante da GNR de Loulé o acalmou, pois o autarca Hugo tentou agredi-lo também, sem sucesso.

Num país minimamente decente, este senhor já tinha sido demitido das suas funções que desempenha na Câmara de Odivelas por indecente figura e comportamento animalesco, ainda para mais, sobre elementos das forças da ordem…curiosamente, tem como um seus três pelouros o desporto…presume-se que o boxe seja uma das suas actividades favoritas…

Anúncios

2 Responses to “POLÍTICO DO PS REINCIDE NA AGRESSÃO A ELEMENTOS DA GNR”


  1. 1 Viver com Dignidade
    Setembro 3, 2012 às 9:05 pm

    Estas situações só acontecem porque temos leis brandas com os criminosos e que são feitas pelos nossos politicos, muitos deles advogados que deixam sempre uma virgula para daí tirar dividendos para os seus clientes. Se quando agrediu as forças de autoridade e fiscalização fosse logo punido como devia, não tornava, nem era sequer vareador, só que estamos em Portugal em que as máfias e maçons impôe ao País o que querem, um estado dentro doutro estado paralelo, em que a lei funciona só para o elo mais fraco, os outos, os casos são arquivados ou prescrevem. Corrupção, peculato, compadrio e suborno e outos casos menos dignos, ditam as leis dos politicos. Assim se faz Portugal, uns vão bem e outros bem mal.

  2. 2 Carlos
    Setembro 4, 2012 às 1:09 pm

    Este tipo de situações tem que ser bem ponderadas. A ser verdade é máu! Todos sabemos que os jornais escrevem qualquer coisa que lhe permita vender mais.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: