17
Maio
12

PRISÕES A ABARROTAR ESTÃO PERTO DA RUPTURA – SINAL QUE AS POLÍCIAS ESTÃO ACTIVAS

Apesar das dificuldades orçamentais, dos cortes de subsídios e da escassez de meios logísticos, as autoridades vão cumprindo a sua missão. Um sinal evidente disso, é o facto, ontem revelado, de o  número de reclusos nas prisões portugueses ter aumentado na primeira quinzena de Maio, situando-se a população prisional nos 13.200, segundo as estatísticas quinzenais da Direção-Geral dos Serviços Prisionais divulgadas esta quarta-feira.

Os dados da Direção-Geral dos Serviços Prisionais (DGSP) dão conta da existência de 13.200 presos nos estabelecimentos prisionais portugueses, dos quais 18 entraram nos primeiros quinze dias de Maio.

As prisões estão a abarrotar e em risco de ruptura; segundo a DGSP, a taxa de ocupação é atualmente de 109,3%, sendo nos estabelecimentos prisionais regionais de 138,2% e nos centrais de 107,5%.

No final de 2011, estavam detidas nas prisões portuguesas 12.681 pessoas, um número que aumentou cerca de quatro por cento desde o início do ano.

As estatísticas quinzenais da DGSP indicam ainda que 79,60% dos reclusos estão condenados e 19,90% são estrangeiros.

Os dados indicam ainda que as 51 prisões portuguesas têm capacidade para 12.077 reclusos.Ou seja,há mais cerca de mil reclusos em excesso face à «lotação» disponível. Sinal da crise também e do descontrolo fronteiriço… Claro que estes dados não contabilizam os reclusos preventivos em casa com pulseira electrónica, o último dos quais, também conhecido ontem, é Duarte Lima que viu a medida de coacção imposta passar da prisão no estabelecimento prisional da PJ para o aconchego do lar…embora não se tenha ainda libertado da pulseira…até ver, pois de atenuante em atenuante, é bem capaz de se livrar desse empecilho. Ao que parece, finalmente o antigo deputado está disposto a colaborar com a justiça, confessou alguns factos de que é acusado –  burla, branqueamento  de capitais e crime fiscal na compra de terrenos com financiamento suspeito do BPN – e essa atitude valeu-lhe a redução das medidas iniciais que lhe foram impostas.


0 Responses to “PRISÕES A ABARROTAR ESTÃO PERTO DA RUPTURA – SINAL QUE AS POLÍCIAS ESTÃO ACTIVAS”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: