02
Maio
12

ISTO É NOTÍCIA! JOVEM MORDEU CÃO E FOI CONDENADA

Nos manuais de jornalismo, invariavelmente, surge este exemplo do que é uma notícia: um cão morder uma pessoa não é história; mas o inverso, ou seja, o animal morder o humano, isso sim, já merece referência em grandes parangonas. Lembrei-me disto a propósito de uma história que nos chega dos Estados Unidos : uma jovem  de 19 anos, foi presa e acusada de crueldade animal depois de ter mordido o seu bulldog, quando estava alcoolizada.

Analise Garner ( na foto) bateu, arranhou e mordeu a mão da própria mãe. Depois, virou-se para o cão da família e mordeu-lhe uma pata.

Os vizinhos ouviram barulho na casa da jovem, em Lake in the Hills, no Estado do Illinois, e chamaram as autoridades. Um porta-voz da polícia norte-americana explicou que «o bulldog acabou por morder Analise nas costas em legítima defesa”.

 “Não haverá acusações contra o animal», acresentou o mesmo responsável. Era o que faltava: foi legítima defesa…

A jovem precisou de receber tratamento hospitalar para tratar das feridas causadas pelo cão.

Analise foi detida por consumo de álcool antes da idade legal, que nos EUA é aos 21 anos, crueldade animal e violência doméstica e teve de pagar uma caução de 2.300 euros para voltar à liberdade.


2 Responses to “ISTO É NOTÍCIA! JOVEM MORDEU CÃO E FOI CONDENADA”


  1. Maio 4, 2012 às 12:44 am

    Lucas Carré:

    (Perdoe-me a chamada de atenção, mas atente no seguinte que me parece ser um lapso: “(…) um cão morder uma pessoa, não é história; mas o inverso, ou seja, o animal morder o humano, isso sim, já me parece (…)”)

    Caso bizarro este! Mas parece que o efeito do álcool em certas criaturas é deveras “efeito”! Se aplicarmos aqui o velho e sábio ditado “in vino veritas”, o lado agressivo e selvagem desta jovem veio ao de cima, quem sabe por que razões, quem sabe por que falta de razões… Quem sabe…
    Não há muito a dizer sobre o caso. (Eu sou algo suspeita para referir o que penso sobre o comportamento do animal-cão-bulldog, pois tenho ideias muito próprias sobre o assunto. Sendo amante de animais, defendo que eles são muito o reflexo do dono e da forma como são educados… Têm a sua natureza, naturalmente, mas a sua agressividade (nomeadamente a de algumas raças ditas “perigosas”) pode ser alimentada, fomentada, ou não. E há tanta gente que se orgulha por ter em casa um animal agressivo, e por ter “feito” dele aquilo em que ele se tornou! No fundo aquilo que ele, dono, é, só que não exerce…)
    O animal aqui, embora “out of her mind”, fora do seu estado normal, quero acreditar, pois não sei, parece-me ser Analise Garner. Quem bate, arranha e morde a própria mãe (!!!), não terá dificuldade, julgo, em morder o animal que deveria ser de estimação. Estamos a lidar com alguém com comportamentos desviantes; não só com alguém sob o efeito do álcool, parece-me. Por que não lhe deu para abraçar a mãe e afagar o animal?!
    E este, tal como eu faria se fosse cão, defendeu-se. Nem reconheceu a “dona” como tal. (Sim… porque há cães tão “servis” que se deixariam mordiscar pelo dono. Até morder.)
    Também desconhecemos mais informações sobre o animal, ou melhor, sobre os dois seres. Bem como sobre o tipo de relação que estabeleciam. Pelo que não há muito a acrescentar… Ir-se-ia abater um animal que se defendeu?!
    Quanto à pena a que Analise Garner foi submetida… Em vez do pagamento da fiança (com que não concordo), algum trabalho comunitário com animais e seres humanos, com acompanhamento psicológico paralelo, quiçá até mesmo psiquiátrico, far-lhe-ia muito bem.
    Logicamente que a fiança terá sido paga pela mãe… E o amor incondicional às vezes pode ser o início de um caminho sem volta.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: