23
Abr
12

MARIDO DE MARISA PROCESSADO POR DESVIO DE 25 MILHÕES DE DÓLARES

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Umadvogado alvo de uma emboscada, um empresário português com a cabeça a prémio depois de ser acusado de desviar 20 milhões de dólares, um caso que motivou as investidas da secreta angolana em Lisboa. Uma história rocambolesca  envolvendo o actual marido da fadista Marisa

 O caso tem levantado muita polémica em Angola, motivou mesmo a secreta angolana a fazer uma «perninha» em Lisboa, que envolve o empresário angolano e ministro dos Antigos Combatentes, Kundi Paihama e o seu sócio português, António Ferreira. Ambos fundaram  a Gesti-Grupo, instituição que tutela a Plurijogos, detentora da marca Casinos de Angola, tendo Kundi apresentado uma queixa-crime contra Ferreira por desvio de 25 milhões de dólares.

Segundo fontes a que tivemos acesso, o caso ultrapassará e muito o mero âmbito de uma parceria empresarial, assumindo contornos a lembrar os métodos mafiosos. Ao que se diz, António Ferreira terá mesmo a cabeça a prémio o que o tem impedido de se deslocar a Angola, outorgando a defesa dos seus interesses a um advogado que o representa naquele país. Isto quando o seu anterior defensor foi alvo de uma violenta agressão à porta do escritório na Avª Duque de Loulé, Lisboa, depois de um negócio mal concretizado para a venda da posição que António Ferreira detinha na sociedade com Kundi Paihama, uma transação na qual, segundo as nossas fontes, Ferreira  terá pedido cerca de 300 milhões de dólares, uma exorbitância que levou Kundi Paihama a desistir do negócio. O empresário português acabou processado pelo antigo sócio por uma acusação que contesta, o advogado agredido «passou-se» com armas a bagagens para braço-direito de Kundi Paihama, vendo-se, assim, forçadamente impedido de retomar o controlo na empresa que gere meia dúzia de casinos de Angola e outros interesses relacionados com o jogo em África. O que não impede Ferreira de continuar a receber nos seus sumptuosos escritórios na Avenida da Liberdade a alta burguesia africana. Antigo barbeiro na região onde nasceu no interior da Beira, tendo depois abraçado a carreira de gestor de bingos,o que levou a ficar a par do «know how» deste tipo de indústria, Ferreira é detentor de uma grande fortuna, possuindo apartamentos no edifício do Corte Inglês e no edifício Sheraton, gerindo os mais variados negócios, que passam desde o imobiliário, ao aluguer de aviões particulares até ao agenciamento de artistas para palcos internacionais. Foi após o relacionamento com este empresário que a fadista Marisa teve uma ascensão meteórica no mundo do espectáculo, depois de deixar o antigo marido para se ligar a António Ferreira, com quem há muito mantem uma ligação que dura desde os tempos em que o companheiro a convidava a actuar nos «shows» e grandes festas particulares  na sua quinta nos arredores de Tábua, Coimbra, para as quais convidava a elite empresarial, incluindo a africana.  

Com o número 227/012 DCCOTP, atribuído pela Direcção Nacional de Investigação Criminal de Luanda, o investidor Kundi Paihama acusa o seu parceiro de furto e apropriação indevida de verbas quando António Ferreira foi administrador único e Presidente do Conselho de Administração da Finingest, Plurijogos e Gesti-Grupo. Segundo apurou O PAÍS, órgão jornal on line de Angola, o o ex-ministro da Defesa ( na foto) realça que o seu parceiro terá dado destino incerto a 25 milhões de dólares. Por isso, a par da queixa-crime, oportunamente será deduzido um pedido de indemnização cível.

O advogado Rui Machado, que representa Kundi Paihama, reconheceu a existência deste processo e salientou que possam surgir outros.

Segundo ele, a queixa contra o empresário António Ferreira, que se encontra ausente de Angola há cerca de dois anos, ( pelos motivos que atrás expusemos, acrescentemos nós)  foi apresentada à DNIC pelo próprio general. “Como advogado não posso entrar em detalhes, mas o processo só surgiu agora porque antes tinha de ser feito um trabalho de averiguação e estudos dos processos dentro da empresa. Há fortes indícios de irregularidades”, contou, sem muitos pormenores, Rui Alves Machado, por sinal um dos administradores do grupo empresarial fundado pelo general Kundi Paihama e o cidadão português.

Em Dezembro de 2011, António Ferreira processou um outro administrador da empresa, no caso, Agostinho Manuel da Rocha “Rochinha”, por este supostamente ter alterado a estrutura societária da Plurijogos com base numa estrutura apontada como sendo falsa (processo n.º 439/2011-04). A suposta falsificação, segundo António Ferreira, terá sido feita numa assembleia-geral para aumento de capital em que ele não esteve presente, mas os resultados encaminhados e reconhecidos posteriormente no Quinto Cartório Notarial da Comarca de Luanda indicavam o contrário.

Constituído em 2003, a Plurijogos, que detém a marca Casinos de Angola, tinha como accionistas o empresário luso António Ferreira (70 por cento das acções), o general Kundi Paihama (20%), José Marques Fernandes (5 %), Melquisedech Sebastião (2, 5 %) e Marcos de Carvalho João (2, 5 %).

Mas, na carta que os advogados de António Ferreira dizem ter enviado à Procuradoria-Geral da República em Angola, acusam “Rochinha” de ter usado a suposta escritura falsa para reduzirem a prestação do empresário luso de 70 para 20 por cento das acções da empresa de jogos.

Até mesmo a holding Gesti-Grupo, segundo o advogado do general, é detida por António Ferreira e Kundi Paihama com 37 por cento das acções cada.

António Ferreira tem as suas contas congeladas em Angola facto que impede de pagar os honorários aos seus advogados naquela antiga colónia portuguesa. Em declarações ao «Correio da Manhã» garante que as contas entre os sócios foram acertadas em 2009 e admite avançar com um processo contra o ministro angolano. Ferreira pediu já uma auditoria jurídica e financeira.

Anúncios

5 Responses to “MARIDO DE MARISA PROCESSADO POR DESVIO DE 25 MILHÕES DE DÓLARES”


  1. 1 chefmmm
    Abril 23, 2012 às 9:39 pm

    O jogo, tal como a droga, as armas, os diamantes, o trafego de orgãos ou mulheres, as máfias e jogo sujo da influência politica, fazem de Angola um pais de abutres analfabetos.
    Interessante este site onde a verdade é desmascarada e se deixam a nu estes reis da desgraça. Dinheiro e gente suja que tudo compra e corrompe num país de fome, analfabetismo, doenças e miséria… A lama que aqui se desmascara, é a prova que o jornalismo sério e com memoria são de louvar e incentivar. Parabens.

  2. 2 mimi
    Abril 26, 2012 às 4:10 pm

    mas porque é que antonio ferreira nao vai a angola resolver os seus problemas em vez de enviar noticias para os jornais?? venha caá venha a angola e depois diga mesmo quem é que roubou??? esse diz que pagou 2 Milhoes mas deve 17 ou 20M$ vai roubar para a tuga ou apresenta contas o angolano tambem sabe o que é uma empresa e sabe o que sao responsabilidades!!!

    • 3 MESTIÇO
      Abril 26, 2012 às 11:32 pm

      SER FILHO DE BRANCA POBRE, COM PRETO RICO, NÃO É BOM… PRETO RICO É VADIO, E BRANCA POBRE É MÃE…, EU NÃO SOU PRETO NEM BRANCO… MAS ASSIM CONHEÇO BEM A MENTALIDADE FRIA E BÁSICA DO PRETO, E A DOÇURA VERDADEIRA DO BRANCO… DO BRANCO DE PORTUGAL. O BRANCO GOSTA DE MIM E RESPEITA-ME. O PRETO GOZA NAS MINHAS COSTAS… …A GUERRA CIVIL QUE SE ADIVINHA, MOSTRARÁ AOS PRETOS QUE A PAZ SERÁ JUNTO DOS BRANCOS. POSSO SER POBRE MAS NÃO SOU INVEJOSO, LADRÃO OU TRAIDOR. AQUI NESTE NEGÓCIO MILIONÁRIO TODOS SÃO ALTAMENTE CORRUPTOS. TODOS. COMAM OS MILHÕES QUE HÃO-DE C@GAR TOSTÕES…

  3. 4 paulo pinto
    Abril 28, 2012 às 9:16 pm

    Eu achei estranho a Marisa aparecer com Porches e Maseratis, o fado ainda não chega para tanto.
    Afinal a massa vem do trafulha do maridinho.
    Boa Masisa acertaste em cheio.

  4. 5 tule
    Maio 29, 2012 às 10:46 am

    é tudo uma cambada de gatunos e que um dia vão pagar caro…


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: