20
Abr
12

ESPIA PERDEU O SMARTPHONE DE SERVIÇO CONTENDO INFORMAÇÕES PRIVILEGIADAS.PERDEU OU ROUBARAM-NO?

 A noticia veiculada pelo «Correio da Manhã» sobre o estranhíssimo caso envolvendo a  directora do Departamento África do Serviço de Informações Estratégicas de Defesa (SIED), a qual terá perdido o seu telemóvel smartphone contendo dados classificados, deixa duas interrogações: perdeu o aparelho ou roubaram-no? É que atendendo às divisões existentes no seio das «secretas» depois da saída de Jorge Silva Carvalho ( o anterior «big boss») para a Ongoing, que os serviços têm vivido uma guerra interna. E não admira que o  «profundo mal-estar» existente possa levar  a que fosse «armadilhada esta espia…com relações privilegiadas com África, e logo numa altura em que decorre um Golpe de Estado na antiga colónia portuguesa .E nada mais eficaz do que para destruir a reputação da agente do que «soprar» o caso de que foi vítima para os jornais….

A ser verdade o noticiado,o aparelho continha nomes e contactos telefónicos e de e-mail de todos os espiões e dirigentes dos serviços portugueses, que estavam identificados.Para além dos nomes e contactos, teme-se que estejam em mãos alheias centenas, senão mesmo milhares de SMS e e–mails, com informação sensível da actividade dos serviços trocados ao longo dos últimos anos com funcionários e altas chefias do SIRP e de outras forças de segurança.

Uma história que levanta também outras dúvidas: certamente que a espia, ou quem lhe forneceu o smartphone de serviço,que deverá ter recebido formação em novas tecnologias cada vez mais imprescindíveis no tipo de actividade que exerce, não desconhece que poderia ser acoplado no mesmo um programa que permitisse localizá-lo em caso de furto e roubo. Qualquer detective especialista em detectar paradeiros de maridos e mulheres infiéis sabe que esse programa ( que se designa «where is my android/ iphone …o programa tem uma designação especifica para cada aparelho), funcionando em sintonização com o GPS, permite localizar o aparelho. Já para não falar no facto de também haver programas que permitem, de forma remota, apagar todo o conteúdo destes equipamentos. Será que os «serviços» descuraram esse pormenor? Se efectivamente estes aparelhos que contêm dados relevantes sobre as nossas secretas funcionam sem qualquer tipo de «paraquedas» destinado a prevenir este tipo de «anomalias» de que foi alvo a directora do departamento para África, então é caso para se temer da eficácia  deste organismo especializado em prestar informações ao poder político, alertando  para situações onde haja um potencial perigo para os interesses nacionais, como acontece agora em Bissau.

Cá para mim, pondo na balança todos estes factores, começo a pensar que alguém tentou prejudicar a imagem desta directora, talvez com a finalidade de a pôr na prateleira. Ou então, para sermos mais sádicos, alguém se serviu do azar da responsável para lançar mais uma machadada para descredibilizar o SIED.É que estamos convictos que, com o decorrer dos anos, as nossas secretas já aprenderam com os erros e «palhaçadas» do passado, como foi o caso exemplar de incúria quando furtaram a mala tipo James Bond a um nosso espião que se tinha deslocado a Bruxelas contendo informação classificada da NATO.

Anúncios

0 Responses to “ESPIA PERDEU O SMARTPHONE DE SERVIÇO CONTENDO INFORMAÇÕES PRIVILEGIADAS.PERDEU OU ROUBARAM-NO?”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: