19
Jan
12

Os Bilderbergs de Balsemão Querem Aniquilar Portugal

Berlim, com a ajuda de Paris, prepara a imposição aos restantes Estados europeus, já neste início de ano, de uma panóplia de “sistemas comuns”, “cooperação fiscal alargada”, “governança comum” e outros “mecanismos de integração continental”. A imposição de primeiros-ministros e governos tecnocratas não eleitos (Grécia, Itália, etc) não chega. É preciso mais. É preciso aniquilar todos os vestígios de soberania e veleidades de “espírito nacional”. Mas para isso é preciso preparar o terreno…

É preciso que organismos do Estado que gozem de alguma autonomia dos governos (Forças Armadas e serviços de informação, por exemplo) ou instituições nacionais da sociedade civil (igrejas, maçonarias…) sejam desestruturados e reduzidos à expressão mais simples, para que não caiam em qualquer tentação de forjar alguma oposição às imposições “europeias”… Desse trabalho sujo se encarregam centros de decisão transnacionais e não-eleitos. Como o grupo de Bilderberg, por exemplo.

Os recentes ataques simultâneos e ainda em curso, em vários Estados da Europa (França incluída) a serviços de inteligência e maçonarias, com oportuníssimas “fugas de informação” para jornais de confiança, dão prova da velocidade a que os Bilderbergs estão a trabalhar (sempre em nome da “transparência”…) para que em Março nenhuma voz possa (ainda) surgir contra as “opções europeias” de Berlim (assessorada por Paris).

E, pergunta o leitor, quem são os Bilderbergs em Portugal? E quem é o seu Papa? São pouco mais de uma dúzia de permanentes, à volta dos quais há umas dezenas de uma espécie de “suprenumerários” que, pontualmente são convidados para uma ou outra reunião. E o Papa deles, quem é? Pois… é o inefável dr. Francisco Pinto Balsemão, patrão da SIC e do Expresso!

Em Abril passado, está quase a fazer um ano, alguém escrevia que  “Pinto Balsemão, o patrão de Bilderberg, ameaça com extinção do Estado Português, se não conseguir pôr os seus queridos no Poder”  e “Bilderberg pressiona Portugal à rendição incondicional”. Conseguido o objectivo no campo político, resta agora arrasar o que poderia ainda funcionar como “trincheiras” de defesa do interesse nacional português. É o que os Bilderbergs estão a fazer através do Expresso e da SIC… de Balsemão!

A Igreja que se cuide, pois é a próxima instituição nacional a abater! Mas, com a sabedoria e perspicácia que dão milénios de experiência, a Igreja já percebeu o “filme” que está a ser desenrolado e o que a espera nesse cenário, como provam recentes (e aparentemente bizarras) declarações dos seus mais altos responsáveis. D. José Policarpo, Cardeal Patriarca de Lisboa, considera não haver razões para que os maçons sejam obrigados a declarar publicamente a sua filiação.

Pinto Balsemão tem uma solução para Portugal. Nós também temos uma solução para Pinto Balsemão“, já alguém escreveu… A História é sempre trágica e este tempo é de farsas lançadas sobre a grande tragédia de inédito e soez ataque a Portugal. São a Nação e a Democracia que estão ameaçadas. De morte! Quando este Estado já é uma farsa, quem aceita perder ainda a Nação e a Democracia, como pretendem os Bilderbergs?   

Anúncios

0 Responses to “Os Bilderbergs de Balsemão Querem Aniquilar Portugal”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: