04
Jan
12

Greves e polícias

A greve da polícia fez recrudescer a violência em Fortaleza, Brasil. Assaltos a turistas, arrastões, ataques a lojas e até a prédios saqueados por inteiro, têm provocado um estado de alarme nesta cidade nordestina, muito procurada por portugueses – especialmente por aqueles que ali procuram prazeres sexuais…

Quando se questiona cá pelo burgo a possibilidade das polícias também entrarem em greve, este caso faz-nos meditar. Que poderia acontecer em Portugal se os polícias optassem por essa medida e logo numa altura em que a criminalidade, especialmente aquela de pequena monta mas que aflige mais os cidadãos por que os afeta directamente – está em alta?

Isto não coloca em causa algumas das mais legítimas reivindicações das forças da ordem – a revisão do estatuto remuneratório e a afectação de melhores e mais eficazes meios de combate ao crime – custa acreditar que a maioria das viaturas com que a PSP se desloca estejam avariadas e que, em muitos casos, os policiais utilizem as suas viaturas próprias em missões de segurança. Só visto…

Anúncios

0 Responses to “Greves e polícias”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: